SABI SÁ lança novo single ''Liga Para Mim''

13-02-2024

SABI SÁ é o nome artístico de Silvia Barros, cantora e compositora, natural de São Tomé.

Com as suas raízes bem assentes, é em Portugal que descobriu o mundo da música e a sua maior paixão. Participou no FACTOR-X e posteriormente inicia a sua carreira de originais.
A artista espelha na sua arte, as vivências da infância e do crescimento, o que dá uma densidade muito própria às suas letras. Cantar para si é, sobretudo, um acto de liberdade. Inspirada pelas sonoridades do Rnb, Jazz e Hip hop, o seu timbre viciante e letras acutilantes têm conquistado o público e nomes reconhecidos como Valete, Rui Unas, Virgul, Dino d'Santiago, entre outros. Na sua discografia conta com dois EPs, "Nome" e "Nua", e vários singles.

Depois de "Defesa", tema que marcou a apresentação do livro "Para que fique bem escurecido" de Sanda Baldé e que defendeu na gala dos 25 anos da RTP representando o seu país, São Tomé, Silvia Barros apresenta-nos "Liga para mim" como SABI SÁ, o seu novo nome artístico.

SABI SÁ é o lado forte da artista, com o qual a mesma pretende defende a partir daqui a sua música e composições. SABI SÁ é para a artista "marcha de revolução de pé descalço e cabelo solto".

Neste novo single "Liga para mim", a artista traz-nos uma visão mais sensível sobre a saúde mental e as relações interpessoais. "Esta canção é como um abraço a mim mesma, é como olhar-me ao espelho e dizer - eu estou aqui para ti" acrescenta a artista.

"Liga para mim" já se encontra disponível em todas as plataformas digitais. 

Teresa Lemos | Foto:D.R.

No dia 22 de março, a cantora Áurea regressou a Olhão para comemorar o 15º aniversário do Auditório Municipal de Olhão com um concerto inesquecível. Áurea é conhecida pela sua voz inconfundível e é uma das artistas portuguesas mais conhecidas e bem sucedidas no mundo da música portuguesa. A artista conta com muitas conquistas, incluindo dois discos...

Com a sala completamente lotada, oTEMPO -Teatro Municipal de Portimão, recebeu no passado dia 16 de março, do ano em que se celebram os 50 anos do 25 de Abril, o evento que lembra de uma forma única e original vários "heróis" da revolução dos cravos.