J Balvin deu o maior concerto da história em Medellin celebrando a música e cultura urbana

Depois de um ano extraordinário como um dos artistas mais ouvidos nas plataformas digitais em todo o mundo, e liderando a expansão global do Reggaeton através de milhões e milhões de visualizações no YouTube, dezenas de colaborações, muitos singles que lideram os tops e a aclamação da "ARCOIRIS TOUR", chegou a hora de J Balvin regressar a casa para uma celebração com aqueles que o acompanham desde o início. O resultado foi o concerto sem precedentes "EL NIÑO E MEDELLIN", o maior concerto que teve lugar na cidade, celebrando a música e cultura urbanas.

A maratona musical de oito horas no maior estádio de Medellin foi o agradecimento sincero de J Balvin aos seus fãs da sua cidade natal, que o têm apoiado desde os primeiros concertos nas ruas e pequenos clubes, e uma demonstração definitiva da unidade construída pela cena urbana de música, arte e cultura da cidade. Após as primeiras atuações de Mau & Ricky, Cazzu, Eladio Carrion, Lyanno & Sky, J Balvin chegou ao palco para um concerto monumental de quatro horas, interpretando mais de 40 canções para mais de 42 mil fãs. O concerto de Balvin contou ainda com duetos surpreendentes com Nicky Jam, Prince Royce, Jhay Cortez, Fuego, Carla Morrison, Sky, Zion & Lennox, Jowell & Randy, Lalo Abratt e várias canções com Bad Bunny, retiradas do álbum conjunto "OASIS". Mostrou, uma vez mais, como a música urbana latina se tornou numa banda sonora poderosa para uma nova geração engajada na América Latina, sendo que J Balvin parou o espetáculo para dar o seu apoio aos jovens da Colômbia, que se juntaram recentemente numa série de protestos.

Alguns pontos a destacar foram a participação do público, que se juntou para cantar 11 vezes o novo single de J Balvin, "Blanco", que se tornou um sucesso retumbante em toda a Colômbia, além de se ter ouvido o novo hino com o qual Balvin termina os seus espetáculos "Mi Gente" - complementado pela participação especial de um dos colaboradores do tema, Willy William.

Este concerto histórico na Colômbia foi o culminar de duas semanas extraordinárias para J Balvin, nas quais:

- Venceu o American Music Award para "Melhor Artista Latino"

- Venceu o seu quarto Grammy Latino e entrou para o 2.º lugar das Canções do Ano da "Time" com "Con Altura" com Rosalía

- Foi nomeado para o Grammy de Melhor Álbum Rock, Urbano ou Alternativo Latino

- Conquistou o seu 18.º single #1 na tabela "Latin Airplay" da "Billboard"

"La Canción", a balada de J Balvin & Bad Bunny, do álbum "OASIS", está em 1.º lugar do top Latin dos EUA, tendo ascendido ao topo das tabelas "Hot Latin Songs", "Latin Airplay", "Latin Pop Airplay" & "Latin Rhythm Airplay".

J Balvin tornou-se o único artista a aparecer em três dos cinco vídeos de música mais populares no YouTube em 2019.

Universal Music  | Fotos:D.R.