The Weeknd | ''After Hours'' estreia-se como o maior álbum de 2020

O último álbum de The Weeknd, "After Hours", foi lançado com grande aclamação crítica e dos fãs e foi agora coroado como o maior lançamento do ano, somando mais de 2 mil milhões de streams e um consumo global perto dos 2 mil milhões. O artista premiado nos Grammys conseguiu que o single "Blinding Lights" atingisse o #1 do top Billboard Hot 100, sendo o seu quinto tema em primeiro lugar nesta tabela, além do álbum também ter-se estreado em #1. "After Hours" é ainda o álbum de r&b mais ouvindo em streaming de todos os tempos, um recorde que pertencia anteriormente ao álbum "Starboy", também de The Weeknd.

"After Hours" lidera os tops em todo o mundo, tendo entrado diretamente para o #1 no Canadá, Austrália, Reino Unido, Irlanda, Suécia, Noruega, Países Baixos, Bélgica, Itália e Nova Zelândia. O álbum estreou-se ainda em #1 na Apple Music em mais de 85 países e dominou a tabela Global do Spotify. Além disso, "Blinding Lights" é a canção #1 nos tops de airplay e de vendas de singles em vários países, além de se encontrar em #1 do top Global Song do Spotify há 37 dias.

Os #1 foram em abundância para o lançamento: #1 Billboard Debut of 2020 ("After Hours"); #1 Billboard Top 200 ("After Hours"); #1 Billboard Hot 100 ("Blinding Lights"); #1 Billboard R&B Album ("After Hours"); #1 Billboard Digital Somng ("Blinding Lights"); #1 All-Time R&B Streaming Week ("After Hours"); e #1 Global Shazam ("Blinding Lights").

As primeiras duas canções retiradas do álbum, "Heartless" e "Blinding Lights", têm conquistado o mundo inteiro, atingindo a marca de Platina nos EUA e levando The Weeknd para o Top 10 de singles da RIAA. "Heartless" tornou-se o 4.º single #1 de The Weeknd na tabela Billboard Hot 100, enquanto "Blinding Lights" tornou-se o 5.º nesta posição e o 7.º em #1 na tabela Hot R&B Songs, o máximo que algum artista já alcançou. The Weeknd mantém a tendência ao acumular mais de 1 milhão de pre-saves na Apple Music, o máximo que esta plataforma já atingiu.

Universal Music

Publicidade