Sérgio Godinho nos Coliseus - 21 canções que fazem parte das nossas vidas

A dois dias de apresentar o espetáculo "Nação Valente" no Coliseu de Lisboa, é altura de ultimar os preparativos para este regresso de Sérgio Godinho aos Coliseus e desvendar um pouco do que poderá ser escutado nos concertos de Lisboa, a 22, e no Porto, a 28 de fevereiro.

Assim, Sérgio Godinho e respetivos "assessores" irão levar até aos palcos dos Coliseus de Lisboa e Porto vinte e uma canções. Nem todas pertencerão ao seu último trabalho de originais, mas, como seria de esperar, uma parte significativa do espetáculo incidirá sobre o disco publicado no ano passado - "Noite e dia", "Grão da mesma mó", "Baralho de cartas", "Artesanato", "Mariana Pais, 21 Anos", "Tipo Contrafacção" e "Até já, até já" serão as eleitas para as duas noites.

Mas este "Nação Valente", que por pouco não se intitulou "Nação Valente & Outras Histórias", terá também, no repertório composto por Sérgio Godinho ao longo das quase cinco décadas que leva de carreira, um dos pontos de interesse. Afinal estamos perante uma voz que nos conforta e inquieta desde a década de 70 do século passado e em que olhar a sua obra é também descobrir uma parte significativa da nossa vivência, do nosso quotidiano, do amor, das lutas, das perdas e das alegrias - "Etelvina", "Balada da Rita, "Coro das velhas", "Dancemos no mundo" ou "Com um Brilhozinho nos Olhos", são algumas das que ajudarão nas viagens prometidas para as noites de 22 e 28.

Ainda, espaço para canções "emprestadas", inicialmente como referências artísticas e entretanto habitantes permanentes do universo "godineano" - "O Rapaz da camisola verde", original de Pedro Homem de Mello e Hermano da Câmara; e "Os Vampiros" do mestre José Afonso, temas fixados no registo "Caríssimas Canções" e para aqui recuperados.

E claro, os convidados, amigos com quem Sérgio Godinho tem tido a oportunidade colaborar e partilhar palco - Camané, que terá um dos momentos da sua participação em "Emboscadas", tema originalmente composto por Sérgio para o álbum na "Na Vida Real" e que o fadista recriou em "Do Amor e dos Dias"; Manuela Azevedo, que recuperará "O Sopro do Coração", parceria entre a banda de que é voz, os Clã, e Sérgio Godinho; e ainda, o pianista e compositor Filipe Raposoque, entre outros, participará no visita ao tema composto por Bernardo Sassetti com letra de Godinho, "Em Dias Consecutivos".

Publicidade

Universal Music Portugal