Salvador Sobral edita novo single de apresentação do disco ''Paris, Lisboa''

Anda Estragar-me os Planos é o novo single do segundo disco de estúdio de Salvador Sobral, que tem como título PARIS, LISBOA.
Composta originalmente por Francisca Cortesão e Afonso Cabral para ser interpretada por Joana Barra Vaz na edição de 2018 do Festival da Canção, esta nova versão de Anda Estragar-me os Planos traz-nos à lembrança os sons da ilha da Madeira, onde tomou forma graças à integração do Rajão, um dos tradicionais cordofones madeirenses aqui interpretado pelo músico André Santos.

O vídeo que acompanha o single foi idealizado, ilustrado e animado desde Barcelona por Sol Domínguez e Juan Daniel González.
O novo disco de Salvador Sobral tem data de lançamento marcada para dia 29 de Março e está já em pré-venda nas lojas Fnac e nas plataformas digitais.

Salvador Sobral tem uma extensa digressão agendada para a apresentação deste novo disco. 

Na rota de PARIS, LISBOA o cantor passará por países como Macau, Espanha, Polónia, Alemanha, Suiça, Finlândia, Suécia ou Lituânia. Mais países serão anunciados em breve.
Em Portugal, Salvador Sobral sobe ao palco do Teatro das Figuras em Faro (3 Maio) e, pela primeira vez, dos Coliseus de Lisboa (10 Maio) e Porto (11 Maio). 

O álbum sairá em Portugal com o selo da Valentim de Carvalho e no resto do mundo sob a chancela da Warner Music Spain.

O álbum produzido por Joel Silva conta com 7 canções em português, das quais resultam dois duetos com convidados de luxo. São dois cantores por quem Salvador Sobral nutre uma grande admiração: António Zambujo numa nova versão de "Mano a Mano" e Luísa Sobral com uma canção de autoria da própria - "Prometo Não Prometer".

ALINHAMENTO DO DISCO
1. 180, 181 (catarse)
2. Presságio
3. Cerca del Mar
4. Ela disse-me assim
5. Playing with the wind
6. Prometo Não Prometer (com Luísa Sobral)
7. Benjamin
8. Grandes Ilusiones
9. Mano a Mano (reprise com António Zambujo)
10. La Souffleuse
11. Paris, Tokyo II
12. Anda Estragar-me os Planos

Publicidade