Português Boom Festival conquista mais um prémio internacional

Cerca de um mês depois de ser distinguido pela sexta edição consecutiva com o prémio "Outstanding Greener Festival Award 2018", o português Boom Festival acaba de conquistar mais um prémio internacional, o "AGF International Award" na categoria "AGF Greener Creative Award". A primeira edição destes prémios foi organizada por "A Greener Festival Award", uma iniciativa internacional que tem como objetivo premiar eventos exemplares para a indústria através das suas práticas de sustentabilidade. Foram distinguidos nove festivais, de oito países, de três continentes. O Boom Festival, que esteve nomeado para cinco das 10 categorias premiadas, foi o único festival português distinguido.

Os 40 festivais de 17 países que estiveram nomeados para os "AGF International Awards" tiveram de passar por uma avaliação rigorosa, que inclui visitas aos recintos, bem como uma análise detalhada com base num modelo baseado na evidência desenvolvido por "A Greener Festival Awards". Os vencedores foram aqueles que obtiveram as pontuações mais elevadas em cada uma das 10 categorias, nomeadamente "International Greener Festival Award" (DGTL Amsterdam, Holanda), "AGF Greener Transport Award" (DGTL Amsterdam, Holanda), "AGF Community Action Award" (Rainbow Serpent Festival, Austrália), "AGF Circular Festival Award" (Wood Festival, Reino Unido), "AGF Greener Catering Award" (Roskilde Festival, Dinamarca), "AGF Greener Power Award" ( Green Gathering, Reino Unido), "AGF Pied Piper Award" (Wonderfruit Festival, Tailândia), "AGF Greener Creative Award" (Boom Festival, Portugal), "AGF Water & Sanitation Award" (Paradise City Festival, Bélgica) e "AGF Greener Innovations Award" (Smart Power Fuel Reduction @ We Love Green, França).

O esforço da organização do Boom Festival, evento bienal de cultura independente e sustentável, que se realiza em Idanha-a-Nova, em criar espaços, instalações de arte e ambientes com base nos princípios da sustentabilidade ambiental e da ética social foi reconhecido pelo júri independente que premiou os vencedores na primeira edição destes prémios internacionais.

O festival português foi nomeado para cinco das 10 categorias, mais especificamente para "International Greener Festival Award", "AGF Community Action Award", "AGF Pied Piper Award", "AGF Greener Creative Award" e "AGF Water & Sanitation Award".

De acordo com a organização dos prémios, o Boom Festival foi distinguido na categoria "AGF Greener Creative Award" por "ser um evento único a nível criativo que conduz à dissolução das barreiras restritas que o pensamento do mundo moderno impõe, através da promoção de uma conexão maravilhosa com a natureza e uns com os outros. A Boomland é uma obra-de-arte em si própria, com as estruturas e esculturas do festival a fundirem-se perfeitamente na envolvente pelo uso de materiais naturais e técnicas de permacultura". A organização destaca ainda o facto de o festival juntar cientistas, académicos, artistas, xamãs, tribos indígenas e ativistas num único espaço, debatendo ideias com vista ao bem-estar das pessoas e das comunidades "num novo paradigma de tolerância e compreensão que incentiva a felicidade e a integração".

Recorde-se que ainda no mês passado o Boom foi distinguido pela sexta edição consecutiva com o prémio "Outstanding Greener Festival Award 2018" - um reconhecimento que advém de um programa ambiental extenso, que engloba desde a obrigatoriedade de todos os restaurantes usarem material biodegradável, passando pela criação de composto com restos de comida, saneamento, energias renováveis, reciclagem de comida, até um programa de revitalização da economia local.

Aquele que é o prémio mundial mais importante de eventos sustentáveis não foi a única iniciativa internacional a reconhecer o trabalho que vem sendo desenvolvido pelo Boom Festival, que há mais de 20 anos se realiza em Portugal na lua cheia de julho ou agosto. O festival foi, ainda, a convite da UNEP - United Nations Environment Programme, organismo pertencente à ONU, membro da iniciativa "United Nations Music & Environment Stakeholder Initiative". Ganhou também o European Festival Award 2010 - Green'n'Clean Festival e o Green Inspiration Award 2012.

Publicidade