O grande Festival de Fado regressa a Alfama nos dias 27 e 28 de setembro

Pelo segundo ano, a Santa Casa da Misericórdia de Lisboa (SCML) dá o nome àquele que é o grande festival anual do Fado da cidade de Lisboa: o Santa Casa Alfama.

Ana Moura
Ana Moura

Com esta estreita parceria, a Santa Casa volta a estar ao lado da expressão artística de um estilo de música que é um elemento importante da identidade portuguesa, o Fado, reforçando, deste modo, o seu apoio à música nacional.

O Festival decorre em pleno coração de Alfama, o bairro onde nasceu o Fado, e dá voz e palco a novos e "antigos" talentos. Abre também portas a alguns dos locais mais importantes e históricos da cidade, através de concertos a decorrer em várias salas, em simultâneo.

Seguindo a missão de sensibilizar a comunidade para a importância da inclusão social, garantindo acesso à cultura a todos os cidadãos, a Santa Casa irá levar as Boas Causas até Alfama: contribuindo para que todos possam assistir aos concertos e aos artistas de que mais gostam, independentemente da sua condição física e idade, vai desenvolver estruturas de acessibilidade para pessoas com mobilidade reduzida, à semelhança de anos anteriores.

O Cartaz está completo:
Ana Moura, Gisela João, Ricardo Ribeiro, Marco Rodrigues, Katia Guerreiro, Sara Correia, um Tributo a Amália Rodrigues, Jorge Fernando e Waldemar Bastos são algumas das propostas que vão marcar a edição de 2019 do Santa Casa Alfama.


Gisela João prepara concerto surpresa, com hora e local a serem revelados apenas no Festival.

Mais de 40 concertos, em 12 palcos, no coração de Alfama.

Bilhetes já à venda na Blueticket, Museu do Fado e locais habituais. 

Publicidade