Nininho Vaz Maia conquista atenção internacional

28-04-2023

Nininho Vaz Maia conquista a atenção de nove países com o sucesso "E Agora" em destaque na série "I'm Georgina". Foi depois da estreia da segunda temporada, no passado mês de março na Netflix, do qual faz parte um episódio onde aparece o artista português sensação lado a lado com Cristino Ronaldo, a cantar o sucesso "E Agora", que o tema começou a crescer exponencialmente em Espanha, França, Colômbia, Equador, Luxemburgo, Bolívia, Paraguai, Perú e Suíça.

Foi no episódio em que o artista português atua para o casal o tema "E Agora", que Cristiano Ronaldo afirma que esta é a sua canção preferida de Nininho Vaz Maia. A preferência do futebolista não passou despercebida ao mundo e aos fãs do craque que, de forma espontânea, colocaram esta música no Viral 50, destes países.

O episódio foi filmado em Portugal, durante um fim de semana a dois, onde Ronaldo juntou vários amigos num jantar, do qual fizeram parte Ricardo Quaresma e Miguel Paixão, e as respetivas mulheres. O momento da noite foi quando Ronaldo e Nininho se juntaram para cantar uma serenata ao som de "E Agora". Depois dos muitos elogios ao tema e do próprio ter cantado o refrão da canção para Georgina, o futebolista deixou o músico brilhar com o poder da sua voz.

Apesar de já se ter estreado ao vivo em França, Luxemburgo e Suíça, com concertos esgotados, agora a sua internacionalização toma novo rumo com a chamada de atenção de novos mercados.

O artista sensação, que conquistou inesperadamente os fãs em 2019 com os seus temas originais no YouTube, é hoje o artista mais viral do País, somando mais de 82 milhões de visualizações orgânicas no seu canal oficial. "Raízes", o álbum de estreia de Nininho Vaz Maia é já Platina em Portugal, e incluí os êxitos "E Agora", "Gosto de Ti", "Bailando" e "Pegate a mi".

Think Out Loud | Foto:D.R. 

Música e sustentabilidade. Estas foram apenas duas das grandes âncoras que marcaram a edição de 2024 do North Festival, evento que decorreu, pela primeira vez, no Parque de Serralves. O evento recebeu, ao longo de três dias, 65 mil festivaleiros e registou um impacto económico de 22 milhões de euros.