Neev | Vídeo oficial do single ''Calling Out'' já está disponível

Neev regressou recentemente com o single "Calling Out", um tema inspirado num registo completamente novo: o da música folk. Talvez isto não seja surpreendente vindo de um artista que gosta de agitar as águas e que, a todo custo, evita ser confinado nas suas ambições, como a sua carreira exemplifica. 

Clique na imagem para ver o vídeo "Calling Out"

Neev voltou depois de ter conquistado mais de 115 milhões de streams no Spotify com o seu single "Breathe" (em colaboração com o trio eletrónico norueguês Seeb).

Embora seja a essência do artista cosmopolita, Neev recupera agora as suas raízes portuguesas, tendo crescido na vila encantadora e tranquila de Cascais, com Lisboa por perto. A herança lusitana é parte integrante da sua personalidade. Foi aqui que ele forjou a sua paixão pela natureza e o seu gosto pelo real. Colorindo tanto a sua música como o seu universo, o seu País formou toda a sua identidade musical marcadamente única.

Se existe uma característica que une todos os estilos que Neev explora, é o da autenticidade. Uma autenticidade que podemos detetar desde tenra idade em Jeff Buckley, Eddie Vedder, RayLamontagne ou mesmo Nick Drake, com uma enorme sensibilidade e cuja voz febril torna-se familiar à sua pele. Vamos explorar a ideia da voz. A voz de Neev é orgânica e pulsante. O seu segredo? "Não tem nada que ver com oitavas", diz o artista, "é sobre convicção. É preciso acreditar no que se canta, isso é tudo... e isso já é uma tarefa difícil."

Em "Calling Out", a sua voz carrega tudo isto, planando no ar, inspirada. Quase mística. O timbre e força vocal de Neev dão poder às suas canções com graça e espiritualidade, enquanto as suas melodias e orquestrações inscrevem-se na intemporalidade electro-folk, tal como artistas como o islandês Ásgeiror ou os norte-americanos Bon Iver e Sufjan Stevens.

O lendário Larry Klein avaliou o primeiro trabalho de Neev para elevar este projeto a novos patamares, adicionando cores poéticas e atmosféricas. O antigo baixista de Bob Dylan e Peter Gabriel já nos surpreendeu com inúmeros clássicos pop, rock e jazz, para Joni Mitchell, Traci Chapman ou Madeleine Peyroux. A sua assinatura traz consigo, entre outras coisas, uma dimensão lírica e majestosa às composições de Neev. Neev descreve o seu mentor: "É difícil encontrar alguém que seja tão experiente e tenha uma visão tão nova e fresca da música". Uma colaboração surpreendente para, uma vez mais, quebrar barreiras musicais, sejam elas criadas entre géneros ou pessoas.

universal music

Publicidade