Mishlawi: 2 datas esgotadas no Hard Club e 3758 pessoas no Coliseu de Lisboa

Dois concertos esgotados no Hard Club, no Porto, nos dias 22 e 23 de Fevereiro e, no sábado, a estreia no Coliseu de Lisboa, uma das salas mais icónicas do País, praticamente esgotada, com 3758 presentes para verem o luso-americano Mishlawi tocar êxitos como "All Night", "Always On My Mind", "Boohoo", "Limbo", "FMR" e os mais recentes "Bad Intentions", "Uber Driver" e "Audemars". A apresentação ao vivo de "Solitaire", o primeiro álbum de Mishlawi, não podia ter corrido melhor.

HEX foi o convidado especial destes espetáculos: um rapper com um som único, com uma mistura de influências entre o Rap, R&B, Afrobeats e até Rock, cuja sonoridade transmite uma batida brilhante que desafia a dançar do início ao fim.

No seu primeiro álbum, "Solitaire", o luso-americano Mishlawi juntou-se ao produtor sensação Prodlem para construir 12 novas músicas que caminham pelos registos Hip Hop e RnB que o artista tem explorado nos últimos lançamentos.

O álbum "Solitaire" é o projeto mais pessoal e íntimo de Mishlawi. Reflete o crescimento individual e autónomo do artista, e a forma como aprendeu a "jogar" contra as dificuldades inerentes ao momento em que se encontrava na sua composição. Como o jogo, "Solitaire" indica um desafio de superação do indivíduo para a conquista dos objetivos do artista.

Com colaborações com o sul-africano Nasty C e o norte-americano Trace Nova, com o qual já tinha colaborado no tema "Afterthought", o álbum "Solitaire" é editado pela Bridgetown Records e distribuído pela Sony Music para Portugal; pela histórica Island Records no Reino Unido e Estados Unidos America - editora responsável pelo catálogo de artistas como Drake, Ariana Grande, Kid Cudi, entre outros; e pela Universal Music na Alemanha.

Sony Music

Publicidade