Luís Capitão e Leonardo Pisco, a magia de 6 e 12 cordas no Choque Frontal ao Vivo

02-02-2024

No passado dia 25 de janeiro começou uma nova temporada do Choque Frontal ao Vivo, o programa de rádio da Alvor FM gravado no TEMPO – Teatro Municipal de Portimão.

O ano não podia começar da melhor maneira, convidados para conversar e tocar foram Luís Capitão e Leonardo Pisco, dupla de guitarras que mistura a portugalidade da nossa música com os ritmos do flamengo misturados com alguns beats que dão originalidade a este novo projeto musical que promete dar muito que falar.

Do EP de estreia do duo a alguns novos temas que se encontram atualmente a gravar para lançar um álbum ainda este ano não faltou o clássico de Carlos Paredes, "Verdes Anos".

Luís Capitão começou a sua jornada musical na infância, aos 8 anos, quando iniciou os estudos em guitarra clássica. Mais tarde, aventurou-se por caminhos mais distorcidos com a guitarra elétrica e participou em diversos projetos musicais - incluindo ser vocalista e guitarrista da banda YAGMAR, onde também tocava Leonardo Pisco.

Além disso, Luís também teve oportunidade de produzir e colaborar com artistas de renome internacional: em Angola com Elenco da Paz e Yuri da Cunha; em Espanha com a rapper ELVIRUS; e na Índia com Kali.

As gravações do programa Choque Frontal ao Vivo acontecem às 21h00 no Pequeno Auditório do TEMPO e são transmitidas posteriormente pela rádio Alvor FM, os próximos convidados são os Entre Aspas que vão participar no programa que comemora o seu 7º aniversário no dia 15 de fevereiro. 

VEJA AS FOTOS NO NOSSO FACEBOOK

J Balvin, o icónico artista colombiano e referência mundial da música, está entusiasmado para o próximo lançamento do seu mais recente single intitulado "Triple S". Esta canção, cujo acrónimo significa "Suelta, Soltera y Sin nadie que la joda", é um hino de auto-confiança para as mulheres, transmitindo uma mensagem de força e resiliência.

Kacey Musgraves, cantora compositora vencedora de sete Grammys, acaba de revelar um novo tema, "Too Good to be True". "Too Good to be True" destaca a voz luminosa de Kacey num arranjo simples e cristalino, e uma vulnerabilidade dolorosa quando ela canta, "please don't make me regret opening up that part of myself that I've been scared to give...

Os Natiruts acabam de anunciar o fim da banda e uma digressão de despedida. Depois de quase 30 anos de estrada, uma das mais importantes bandas de reggae e com uma grande legião de fãs em Portugal, com estreia em palcos lusos há cerca de 20 anos, coloca um ponto final na sua carreira.