Lagoa recebe o espetáculo de dança ''Dragão'', pela Companhia de Dança Quorum Ballet

19-01-2024

No dia 10 de fevereiro, pelas 19h00, o Auditório Carlos do Carmo recebe o espetáculo de dança "Dragão", pela Companhia de Dança Quorum Ballet e Direção Artística de Daniel Cardoso e os bilhetes já se encontram à venda los locais habituais. 

O palco é como a tela branca da nossa imaginação para o qual se tenta transcrever a poesia interior, um espaço onde se pode deixar o inconsciente sugerir toda a sua criação. A dança com conotação surrealista pode permitir minimizar o controlo por parte da razão, como acontece nos sonhos, e as imagens sucedem-se livremente sem interpretações evidentes e sem pretensões estéticas ou morais.

Uma peça inspirada no sonho, no improvável, num futuro de utopia. Algo impossível de atingir, mas do qual nunca desistimos. Vivemos obstinadamente no sonho, e a força da resiliência diz-nos que estamos quase a chegar a essa mágica terra prometida. Esse lugar habitado por Ela. Acreditando sempre na beleza dos sonhos, não perdemos de vista o nosso maior objetivo: a conquista do Sonho, e no fim do caminho sermos aguardados por Ela.

A zona de conforto é o espaço onde conhecemos os caminhos, as pessoas e como lidar com elas. Aqui sentimo-nos seguros. Mas só conseguimos aprender e evoluir quando saímos da nossa zona de conforto; quando nos aventuramos em novos caminhos, percursos desconhecidos, destinos incertos de procura. É aqui que os Dragões nos esperam.

Os bilhetes para este espetáculo custam €8 e já se encontram à venda em: BOL e nas bilheteiras dos CTT, da Fnac, Worten, Auditório Carlos do Carmo, Centro Cultural Convento de S. José e Balcão Único da Câmara Municipal de Lagoa (20% desconto c/ passaporte cultural, cartão Lagoa Social ou Passaporte Rota do Petisco 2023, disponível nas bilheteiras do Município de Lagoa). 

C.M. lagoa | Foto: D.R.

A curta-metragem 2720 saiu vencedor da 36ª Competição Internacional da 46ª edição do Festival de Curtas-Metragens de Clermont-Ferrand, o maior festival de curtas-metragens do mundo, que decorreu de 2 a 10 de fevereiro: ao filme de Basil da Cunha foi atribuído o prémio Melhor Filme Europeu ('Prix du Meilleur Film Européen').