LADO B leva MIRAMAR a Silves

30-04-2023

A iniciativa LADO B da Câmara Municipal de Silves, prossegue no dia 19 de maio pelas 21h30, com os MIRAMAR no Teatro Mascarenhas Gregório, em Silves.

MIRAMAR são um duo de guitarras formado pelos músicos Frankie Chavez e Peixe, que conta já com dois discos editados - Miramar (2019) e Miramar II (2022).

O seu espetáculo ao vivo é uma viagem; uma estrada que se percorre de forma contemplativa e que ora serpenteia até ao cume da mais alta montanha, ora se deixa ir planante, pelo calor preguiçoso do deserto, mas sempre a levar mais longe o som daquelas cordas que ressoam em diferentes caixas, com ou sem eletricidade, e sempre como se os dois aqui fossem apenas um.

À música junta-se a projeção de vídeos tema a tema, envolvendo e transportando o público para um espaço imaginário para além da tela, numa experiência sinestética que se espera única e marcante.

Os ingressos para o espetáculo podem ser adquiridos, através da bilheteira online BOL, e nos locais habituais de venda (FNAC, Worten, CTT,EI Corte Inglês e Pousadas de Juventude), com o custo associado de 10 euros. Podem, ainda, ser adquiridos no próprio dia do espetáculo, no local, a partir das 20h00, caso haja disponibilidade de bilheteira.

A rúbrica Lado B, promovida pelo Município de Silves, procura apresentar ao público uma versão mais descontraída e intimista dos artistas. Ao concerto, por norma, associa-se uma breve conversa como forma de aproximar o público ao artista.

Foto: Direitos Reservados

Os Calema acabam de revelar uma grande colaboração com o popular cantor francês Tayc, no single "Dis-le moi", que será lançado no próximo dia 21 de junho. Esta parceria solidifica o estatuto dos Calema em França, onde têm conquistado muitos sucessos, depois de se terem afirmado como um fenómeno de sucesso em Portugal.

Música e sustentabilidade. Estas foram apenas duas das grandes âncoras que marcaram a edição de 2024 do North Festival, evento que decorreu, pela primeira vez, no Parque de Serralves. O evento recebeu, ao longo de três dias, 65 mil festivaleiros e registou um impacto económico de 22 milhões de euros.