''La forza del destino'', de Verdi, marca o regresso da grande ópera ao Coliseu do Porto - 26 de Out. 20h

O Coliseu Porto Ageas e o Teatro Nacional de São Carlos (TNSC) unem-se para apresentar a ópera La forza del destino, uma das composições mais ambiciosas de Giuseppe Verdi. A soprano Julianna Di Giacomo e o tenor Kristian Benedikt assumem o par Leonora / Alvaro, numa história onde dramas pessoais intensos se desenrolam com a guerra como pano de fundo.

Poucas vezes a música de Verdi irrompeu com tanta força como nesta ópera de situações limite: canta-se a história de Don Alvaro e da sua paixão correspondida por Donna Leonora, filha do Marquês de Calatrava. Quando o Marquês recusa dar a mão da sua filha em casamento, as consequências são dramáticas e a tragédia toma conta dos seus destinos.

Verdi e Francesco Maria Piave basearam La forza del destino na peça dramática de Ángel de Saavedra, Don Alvaro, o fuerzo del sino. Juntos, criaram uma ópera em quatro atos marcante, quer na história e nos cenários, quer na orquestração.

A parceria entre o Coliseu Porto Ageas e o único teatro lírico do país tem, assim, uma importante continuidade, depois do enorme sucesso de La traviata, em 2018, que esgotou em Lisboa e Porto, e de "Turandot", que em 2017 pôs fim a uma ausência de 33 anos do TNSC no Coliseu.

Os bilhetes custam entre 20€ e 50€ e foram colocados à venda esta sexta-feira no Coliseu Porto Ageas, Blueticket e locais habituais.

Descontos: 20% Amigos Coliseu, 10% Crianças dos 6 aos 12 anos e maiores de 65 anos, 10% Estudantes de música.

Publicidade