Jüra lança álbum de estreia ''sortaminha''

21-05-2024

Jüra, uma das grandes certezas da música pop e urbana em Portugal, lançou o tão aguardado álbum de estreia "sortaminha". Com edição surpresa, apesar de os fãs já há muito expetantes com este lançamento, a artista e compositora nomeada na categoria de artista revelação dos Prémios PLAY, edita 15 faixas originais, todas com letra e composição de sua autoria. 

Desde novembro de 2023 que Jüra tem vindo a desvendar este primeiro LP, com três singles de avanço, "avidadá", "tudoparachegarati" e "coração". Este último, "coração", com videoclipe filmado no Chapitô, onde a cantautora se formou em artes circenses, vê-se Jüra numa lira. Para além do circo, Jüra é ainda formada em dança e une neste primeiro disco todas as peças da sua vida, profissional e pessoal. 

Este primeiro LP nasce de uma residência artística em Sesimbra ainda em 2023. A artista juntou os produtores e músicos com quem tem vindo a trabalhar, DØR, L-Ali, MIGUELE, NED FLANGER, para criar sem restrições e compor grande parte do trabalho que viria a tornar-se "sortaminha". Mais à frente, Jüra colaborou ainda em três faixas distintas com os produtores, Beiro, João Maia Ferreira e Luar, e conta ainda com duas participações dos artistas L-Ali e Real GUNS.

"sortaminha" representa uma nova fase na carreira e vida da cantautora, um álbum que é a identidade bem definida de uma jovem artista que não se deixa condicionar por géneros, mas antes todos os vários ritmos urbanos que vivem à sua volta. Não é de estranhar que ao longo das 15 faixas se ouça hip hop, r&b, ou até trance, que se unem à Pop que Jüra tem vindo a criar e a desenvolver desde 2020. Uma das suas grandes características, e intocável, seja na sua música, como na sua imagem, é que é esta a sua verdade.

Este é um álbum ousado, que explora diversos e novos caminhos, na escrita muito própria, em que escreve como fala, cria um dialeto próprio, e na sonoridade, que teve como balão de ensaio todos os lançamentos anteriores, dois EPs "jüradamor" e "rés.tu" e a Trilogia. "sortaminha" não trata apenas de tristeza, e da tristeza no amor, acolhe lamentos mas acima de tudo celebra o amor, a reciprocidade. Esta é a sua verdade, um trabalho autobiográfico, que relata e eterniza as suas vivências, mas é acima de tudo um álbum feliz, que retrata a felicidade que vive atualmente e se sente na sua criação.

Jüra tem já várias datas de norte a sul do país, onde apresentará ao vivo este primeiro longa duração, com destaque para o regresso da artista ao NOS Alive na edição deste ano no palco WTF Clubbing, a 12 de julho. Recorde-se que a sua passagem em 2022, no Coreto, contou a maior enchente desse palco.

A artista tem vindo a trilhar uma rota em ascensão. Tem hoje uma grande base de fãs e uma nomeação para artista revelação dos Prémios PLAY. A música e toda a estética que envolve a artista e compositora, Jüra, levou-a já aos principais Festivais, a atuar em nome próprio no Capitólio em Lisboa, que contou com casa cheia, conquistando o público e a crítica, que se refere à artista e compositora como "o presente da música urbana portuguesa" (Hip Hop Rádio). Lançou dois EPs, "Jüradamor" e "rés.tu", uma Trilogia, marcada pelas novas colaborações e sonoridades, com diferentes produtores e artistas, colocando-a como uma das 5 artistas portuguesas com maior airplay nas rádios em Portugal.

01-Arte-ptica-Manuela-2021-02

Música e sustentabilidade. Estas foram apenas duas das grandes âncoras que marcaram a edição de 2024 do North Festival, evento que decorreu, pela primeira vez, no Parque de Serralves. O evento recebeu, ao longo de três dias, 65 mil festivaleiros e registou um impacto económico de 22 milhões de euros.