José Cid no Centro de Congressos do Arade com muita música e histórias para contar

José Cid não é só um dos grandes cantores e compositores da música nacional das últimas décadas, como também faz parte do princípio daquilo que é a música pop e rock em Portugal.

Uma carreira passada em revista com muitas histórias de vida pelo meio em ambiente familiar foi o que podemos assistir no passado sábado (29/08), no Centro de Congressos do Arade no Parchal - Lagoa.

Sozinho José Cid enche o palco com a sua maneira de ser e de cantar temas que todos conhecemos, desde os mais novos aos que pertencem à geração dos muitos que o conhecem pelo ''menino prodígio''.

Tudo o que o público queria ouvir foi cantado nesta noite, desde as músicas do "Quarteto 111" até às novas composições dos mais recentes álbuns "Clube dos Corações Solitários do Capitão Cid" e "Fados, Fandangos, Malhões... e uma Valsinha".

Cid trouxe um amigo de longa data que tem uma relação muito próxima com o Algarve, Mário Mata também subiu ao palco para cantar alguns dos seus sucessos como "Não Há Nada Para Ninguém, "Então ó Zé" e "Há Dias De Manhã" e a animação foi ainda maior.

José Cid mostrou mais uma vez que a idade parece não passar por ele e que mesmo sozinho em palco consegue fazer o tempo passar depressa, que quando damos por isso já foram mais de 2 horas de espetáculo.

Veja o vídeo com alguns dos momentos musicais da noite:

Veja as fotos no nosso FACEBOOK