''Hostel da Mariquinhas'' interpretado por Gisela João já está disponível nas plataformas

18-03-2023

Depois de figurar como faixa extra da edição em vinil de AuRora - o mais recente álbum da artista - Gisela João disponibiliza agora nas plataformas digitais Hostel da Mariquinhas.

Amália Rodrigues actualizou A Casa da Mariquinhas de Alfredo Marceneiro em Vou Dar de Beber à Dor - canção que ficou então conhecida do grande público. Desta feita, agarrando a versão de Amália e recuperando a origem de Marceneiro, Capicua reinventou mais uma vez a letra deste clássico. Gisela João canta, assim, o Hostel da Mariquinhas, uma sátira à gentrificação da cidade de Lisboa.

Em 2013, no seu primeiro disco, a fadista já tinha apresentado [A Casa da] Mariquinhas, que reflectia o que se passava em Portugal naquele período - um Portugal esquecido de si próprio. "Este Hostel da Mariquinhas é um espelho da situação actual do meu país. A Ana [Capicua] escreveu esta letra numa crónica para uma revista, e eu pedi-lhe imediatamente para a gravar. Fiquei desde logo impactada com a escrita da Ana, mais do que necessária", comentou a artista.

Numa altura em que a crise imobiliária está na ordem do dia, com os portugueses a serem progressivamente afastados para a periferia, o Hostel da Mariquinhas não podia ter uma mensagem mais actual. Com a escrita afiada de Capicua, a interpretação intensa e expressiva de Gisela João enaltece a crítica jocosa a um país que é, cada vez mais, "para inglês ver".

Universal | Foto:D.R.

O pano sobe com o Manifesto SNTMNTL, o vídeo que guarda os valores do mais recente álbum de Diogo Piçarra e que marca o início do caminho para esta nova era. O palco, desenhado especialmente para esta tour, mostra três estruturas móveis, que albergam os músicos e cujos painéis LED acompanham todo o espetáculo, ora movendo-se e revelando o seu...