Hat Weekend 2019 propõe música para todas as idades em S. João da Madeira

Será também um fim de semana de música aquele que se propõe nesta segunda edição do Hat Weekend - Festival do Chapéu. O evento que atualiza a herança chapeleira de S. João da Madeira, colocando-a em diálogo com diversas disciplinas artísticas, regressa entre 19 e 21 de julho. A programação musical fica hoje fechada com propostas de acesso livre destinadas a todos as idades e públicos. 

Já tinha sido adiantado que cabe aos Kumpania Algazarra o lugar de destaque maior no quadro de atuações musicais deste ano. Coletivo indispensável da música em formato festa, participou recentemente no Festival da Canção, onde defendeu o lugar da fanfarra enquanto símbolo maior da multiculturalidade. Nas suas composições há influências de todas as cores, hemisférios e latitudes, num rendilhado de culturas, onde estão presentes os sons balcânicos, árabes, latinos, africanos, o ska e o funk. Do grupo para a singularidade, com a presença de GALiRò, excêntrico One Man Band, performer profissional que tem percorrido o mundo. Este verão chega a S. João da Madeira com Chapéus com "Poom-Cha", um divertido espetáculo de rua que respira energia, originalidade e sentido de humor.

E se o tema aqui são os chapéus, quem melhor do que as figuras maiores do circo para aqui o representarem? Pelo Hat Weekend haverá histórias disparatadas sobre o quotidiano, contadas pelos Irmãos Esferovite. Prometida está a oferta de sonhos em troca de sorrisos.

A segunda edição do festival de rua sanjoanense não poderia acontecer sem Bandas Dixie, que fazem viajar de Nova Orleães parte do espírito dixieland. Ao longo do fim de semana, a Praça Luís Ribeiro e as ruas adjacentes vão receber vários concertos e momentos deambulantes da Drama & Beiço - Fanfarra Deambulante e da Dixie Gringos - Jazz Band.

E porque aqui se olha o futuro, mas cimentado na tradição, quem melhor do que as vozes do país para comporem os restantes momentos do festival. Confirmadas estão já as atuações do Grupo de Bombos e das Adufeiras da Casa do Paúl.

A programação musical fica encerrada com uma Hat Party apontada para a população mais jovem. Gómez e seu Rosa, dupla local de DJ, assumirão a pista de dança, enquantoGO'EL trará a S. João da Madeira o encontro entre a música experimental e a eletrónica.

A programação completa do Hat Weekend será apresentada em junho.

Publicidade