''Expresso do Outono'' de Jorge Palma faz a última paragem na Figueira da Foz

O "Expresso do Outono" de Jorge Palma está quase a chegar ao seu destino final. Depois de ter retomado a viagem iniciada há um ano, e ter passado pelo Teatro das Figuras em Faro e pelo Coliseu de Lisboa, a última paragem é dia 14 de Dezembro noCAE da Figueira da Foz e a lotação está quase esgotada.

Em palco, o músico e compositor faz-se acompanhar pelos seus parceiros da estrada - Pedro Vidal (guitarras e direcção musical), Gabriel Gomes (acordeão), Vicente Palma (guitarra e teclados), Nuno Lucas (baixo), Tomás Pimentel (sopros) e João Correia (bateria) - e recupera músicas que fazem parte da História da música portuguesa como "Estrela do Mar", "Canção de Lisboa", "Dá-me Lume", "Frágil", Dormia Tão Sossegada", "Jeremias, o Fora da Lei", "Portugal, Portugal" e "A Gente Vai Continuar", entre outras.

A viver um dos seus melhores momentos, Jorge Palma tem partilhado com o público mais de 40 anos de carreira e é em palco que o vemos no seu esplendor. Neste "Expresso do Outono", o músico e compositor conjuga sonoridades eléctricas com outras, mais acústicas, numa viagem de longo curso que começou há precisamente um ano com salas esgotadas no Porto, Lisboa e Coimbra. Entretanto, já passou por Chaves, Castelo Branco, Guimarães, Faro e novamente Lisboa.

Bairro da Musica

Publicidade