''Estrada Branca'' lança duplo LP com concerto no São Luiz

Após a estreia do projeto musical em 2017, no Mosteiro de São Bento da Vitória, Mônica Salmaso e José Pedro Gil voltam a reencontrar-se para dar voz às melodias de José Afonso e Vinicius de Moraes, em três concertos únicos em Portugal já este mês. O primeiro espetáculo - agendado para segunda-feira, dia 8 de julho, às 21h00, no São Luiz Teatro Municipal, em Lisboa - assinala o lançamento do primeiro álbum do projeto.

A ideia de juntar dois nomes maiores da música portuguesa e brasileira surgiu após a participação de Mônica Salmaso no disco "Outro tempo, José Afonso" (2015), de José Pedro Gil. Nesse momento, os intérpretes decidiram convidar Carlos Tê para a dramaturgia e o arquiteto Manuel Aire Mateus para a cenografia de um novo espetáculo que levou à junção da obra de José Afonso e Vinicius de Moraes. No ano em que se assinala o 90º aniversário de José Afonso, Mônica Salmaso e José Pedro Gil lançam o primeiro LP de "Estrada Branca", gravado aquando da estreia do projeto há dois anos, e que contou com passagens no Mosteiro de São Bento da Vitória (Porto), Centro Cultural Olga Cadaval (Sintra) e São Luiz Teatro Municipal (Lisboa).

Após a passagem por Lisboa, o projeto - da autoria de José Pedro Gil, Mônica Salmaso, Emanuel de Andrade, Teco Cardoso, Nelson Ayres e Carlos Tê - é apresentado na Casa da Música, dia 10 de julho, às 21h30; e no Castelo do Alandroal, dia 19 de julho, às 22h00. Os bilhetes para Lisboa e Porto já estão à venda e podem ser adquiridos nos respetivos espaços e bilheteiras online. O espetáculo no Castelo do Alandroal é gratuito.

"Estrada Branca" apoia a Associação Corações Com Coroa

Durante os três concertos de "Estrada Branca" é possível comprar o LP e/ou uma t-shirt do projeto e, dessa forma, contribuir para o trabalho desenvolvido pela Corações Com Coroa, já que uma parte das receitas revertem a favor da associação. Criada por Catarina Furtado, a associação sem fins lucrativos ajuda jovens adolescentes e mulheres em situações vulneráveis.

Publicidade