Entrevista com Time For T

De surpresa somos levados por Time For T a uma expedição pelos lugares mais tropicais e transparentes do planeta. Onde os instrumentos se entregam à multiculturalidade das melodias tórridas e os corpos ao perpendicular dos ritmos acesos. Desprovido de preconceitos, Time for T debruça-se no cruzamento de influências que tacteiam a tropicália, o folk rock, o blues tuareg e o soul. É um cardápio sonoro eclético que se abre em leveza aos hemisférios e meridianos, trazendo as praias, as florestas e os desertos à humanidade. Uma viagem imperdível à incandescência da música livre.

Ao projecto que começou em Brighton com o cantautor Tiago Saga, juntaram-se Joshua Taylor, Felipe Bastos e Juan Toran. Depois de três EPs lançados, Setembro de 2017 trouxe consigo o primeiro longa-duração de Time for T, Hoping Something Anything, que já conseguiu tirar os pés do chão em diversos festivais nacionais e internacionais como Green Man, NOS Alive, Super Bock Super Rock e o Secret Garden Party. O álbum foi apresentado na BBC Radio 1 e 6 (Reino Unido), na Antena 3 (Portugal) e Deutschland Radio Kultur (Alemanha). Um dos seus singles "Rescue Plane" atingiu o primeiro lugar no Spotify UK Viral Charts. De momento, estão a lançar o segundo longa-duração Galavantinge uma digressão de apresentação deste novo trabalho.

Próximas Datas:

10 Outubro / Musicbox / Lisboa
11 Outubro / Madalena / Faro
12 Outubro / Clube Artístico Lacobrigense / Lagos
13 Outubro / Atabai / Barão
16 Outubro / Sala X / Sevilha
17 Outubro / Fun House / Madrid
18 Outubro / La Atalaia del Gardoki / Sopelana
24 Outubro / Festival Verão Azul / Faro (solo)
25 Outubro / Plano B / Porto
26 Outubro / Cambra Fest / Vale de Cambra

Publicidade