Entrevista com Pedro Janela

A sua linguagem é criativa, inovadora e exploratória de novos processos e recursos.

Dinâmico e versátil, provém de uma formação musical clássica que o levou a estudar piano no Conservatório, todavia é profundo conhecedor e explorador atento dos recursos que dia a dia as novas tecnologias introduzem no campo musical.

A banda THE CASINO ROYAL- de que é mentor - constitui a face mais constante e visível do audiofólio de Pedro Janela. Além de integrar outros projectos, a sua actividade divide-se também pela criação de bandas sonoras para cinema e audiovisuais e pela gestão e coordenação técnica do estúdio Mastermix onde desenvolve o seu trabalho.

Do seu currículo merecem especial destaque a notável composição para o filme "Quinze Pontos na Alma" realizado por Vicente Alves do Ó e a inquietante banda sonora da mini-série de ficção histórica "República" produzida para comemorar o centenário da República Portuguesa bem como "Jacinta", "Al Berto", "Soldado Milhões" entre outros.

Produtor, compositor, pianista e artista digital, Pedro Janela é quase um one-man-show das novas linguagens musicais, mestre na arte de inventar janelas sonoras para horizontes nunca dantes escutados.

#WeAreAllLost é o primeiro álbum a solo do compositor Pedro Janela.

Publicidade