Dino D’Santiago conquista 3 prémios Play

Na primeira edição dos Prémios Play, Dino D'Santiago foi distinguido nas categorias de Melhor Artista Solo, Melhor Álbum e Crítica, com o álbum Mundu Nôbu. Dino apresentou em 2018 um trabalho baseado nas raízes cabo verdianas, mas inspirado nos ritmos electrónicos actuais, criando uma sinfonia cultural que cruza o funaná, o batuku, a morna, a kizomba e o afro-house.

Com produção de Kalaf Epalanga e Paul Seiji, lançado pela Sony Music, Mundu Nôbu começa o álbum com a frase "En ben di Lonji, ma en ka stranjeru nau/ En bá stranjeru, ma en Ka stranjeru nau!", traduzindo para português: "Venho de Longe, mas não sou estrangeiro/ Fui para o Estrangeiro, mas não sou Estrangeiro".

A cerimónia aconteceu no Coliseu de Lisboa e foi apresentada por Filomena Cautela e Inês Lopes Gonçalves, e transmitida em direto na RTP 1.

Lista completa de vencedores:

Melhor Grupo

Dead Combo

Melhor Artista Solo

Dino D'Santiago

Melhor Álbum

"Mundo Nôbu", Dino D'Santiago

Melhor Vídeo

"Amor em Tempo de Muros" com Lila Downs, Pedro Abrunhosa

Prémio Lusofonia

"Nada Mudou", Matias Damásio

Prémio da Crítica

"Mundo Nôbu", Dino D'Santiago

Prémio Revelação

Conan Osiris

Melhor Álbum Fado

"Maria", Carminho

Melhor Artista Internacional

Kendrick Lamar

Melhor Canção Internacional

"All the stars" (with SZA), Kendrick Lamar

Vodafone Melhor Canção

"Estradas no Céu", de Valas com Raquel Tavares

Publicidade