''Dina e Django'' de Solveig Nordlund em destaque na cerimónia da entrega do Prémio Bárbara Virgínia

A luso-sueca Solveig Nordlund será distinguida com o Prémio Bárbara Virgínia da Academia Portuguesa de Cinema, pelo seu notável trabalho como realizadora, produtora, encenadora e montadora, coincidindo com a celebração dos 50 anos do Centro Português de Cinema, cuja fundação acompanhou.

A cerimónia de entrega do Prémio decorrerá na Cinemateca Portuguesa, no dia 6 de fevereiro às 21h30.

Após a entrega do prémio, será exibida a longa-metragem "Dina e Django", de 1981.

Baseado numa história verídica, a revolução de 1974 serviu como pano de fundo para "Dina e Django", em que dois jovens heróis, dominados por frases de literatura de cordel, vivem uma paixão curta e fatal que deixa atrás de si o trágico rasto de um crime.

Solveig Nordlund junta-se assim a nomes maiores do cinema português como Júlia Buisel (script supervisor, anotadora, atriz, realizadora), Teresa Ferreira (colorista), Laura Soveral (atriz) e Leonor Silveira (atriz), distinguidas com o Prémio Bárbara Virgínia nos últimos quatro anos.

Publicidade