Deutsche Grammophon edita internacionalmente o mais recente álbum de Rui Massena

A Deutsche Grammophon, uma das editoras mais importantes na história da música clássica, editou mundialmente o mais recente álbum do pianista e compositor Rui Massena, "III".

Neste álbum, Rui Massena trabalhou, em Berlim, com o produtor, técnico de captação e mistura Tobias Lehman, vencedor de dois Grammys e veterano da editora Deutsche Grammophon. "III" foi produzido pelo próprio Rui Massena com o cúmplice de longa data Mário Barreiros, gravado entre Berlim e o Porto e masterizado em Nova Iorque pelo engenheiro vencedor de um Grammy Joe Laporta.

Já em 2017, a Deutsche Grammophon escolheu uma composição de Rui Massena, "Valsa", para integrar a compilação "Expo 1", ao lado de artistas como Philip Glass, Ólafur Arnalds e John Cage.

Esta edição internacional do álbum "III" pela Deutsche Grammophon é, assim, um momento marcante na internacionalização da carreira de Rui Massena, aquele que é, sem dúvida, o artista de música clássica que em Portugal se tornou numa das maiores referências, atuais, no universo da música popular.

O músico vai, inclusivamente, atuar no próximo dia 16 de maio no importante festival Classical:NEXT, em Roterdão, na Holanda. As próximas datas de Rui Massena incluem ainda concertos na Casa das Artes de Vila Nova de Famalicão (11 de maio), no Centro Cultural de Macau, China (8 de junho), no festival La Mar de Músicas, em Cartagena, Espanha (21 de julho), no Casino da Póvoa de Varzim (26 de julho) e no Centro Cultural Olga Cadaval, em Sintra (27 de julho).

Acabam também de ser revelados dois vídeos do concerto que Rui Massena deu no Coliseu do Porto no passado mês de fevereiro, mais precisamente dos temas "Valsa" e "Um Lugar", este último retirado do álbum "III".

Universal Music Portugal

Publicidade