Cirque du Soleil regressa a Lisboa com o relançamento do espetáculo OVO

19-04-2023

O Cirque du Soleil regressa a Lisboa este ano, com o relançamento do espetáculo OVO, um dos mais emocionantes e coloridos da companhia está de volta. Com três novos atos e novas personagens, este espetáculo único vai estar na Altice Arena a entre os dias 20 e 30 de dezembro de 2023

"Ovo" – cujo nome curiosamente se mantém em português e no original – conta a história de uma precipitada corrida para um ecossistema cheio de vida e de cor, onde insetos trabalham, comem, rastejam, brincam, lutam e até se apaixonam. Tudo isto num enorme e grandioso tumulto de energia, onde o contraste entre o barulho e o silêncio são um dos ingredientes principais que prometem surpreender até o espectador mais cético.

A vida flui com toda a intensidade neste universo animado, até que, um dia, um ovo misterioso aparece no meio dos insetos. A surpresa e a curiosidade pelo objeto icónico tornam-se no enredo perfeito para uma história única, que para além de retratar o ciclo da vida na sua ordem mais natural, aborda o amor inocente entre uma sedutora Joaninha e o inseto desajeitado que nasce do ovo invulgar.

OVO é a natureza sem filtros. Um retrato fictício repleto de imaginação, luz, som e emoção, onde cada personagem assume um papel que promete transformar a nossa maneira de olhar para a natureza.

Sessões OVO | 20 a 30 de dezembro de 2023

20 de dezembro 2023 • Quarta-feira • 21h
21 de dezembro 2023 • Quinta-feira • 21h
22 de dezembro 2023 • Sexta-feira • 17h00
23 de dezembro 2023 • Sábado • 17h / 21h
25 de dezembro 2023 • Segunda-feira • 17h30h
26 de dezembro 2023 • Terça-feira • 21h
27 de dezembro 2023 • Quarta-feira • 17h / 21h
28 de dezembro 2023 • Quinta-feira • 17h
29 de dezembro 2023 • Sexta-feira • 21h
30 de dezembro 2023 • Sábado • 21h

Everything Is New

Música e sustentabilidade. Estas foram apenas duas das grandes âncoras que marcaram a edição de 2024 do North Festival, evento que decorreu, pela primeira vez, no Parque de Serralves. O evento recebeu, ao longo de três dias, 65 mil festivaleiros e registou um impacto económico de 22 milhões de euros.