Andrew Bird lança primeira canção de Natal inspirada na COVID, ''Christmas in April''

Esta sexta-feira, dia 30 de outubro, Andrew Bird vai lançar o seu primeiro álbum de Natal, "HARK!", tendo partilhado aquela que será, muito provavelmente, a primeira canção de Natal no mundo inspirada na COVID. Escrita em casa, em Los Angeles, durante a fase mais desorientadora da pandemia, na primavera, "Christmas in April" questiona sobre onde estaremos - fisicamente, espiritualmente - quando chegar o Natal. Com um arranjo quente em tom de valsa, com guitarra acústica e assobios, as melodias de Bird captam a melancolia que em breve estará a alimentar as lareiras, quando também nós começarmos a perguntar "When will we know if we can meet under the mistletoe?"

Além de "Christmas in April", "HARK!" inclui temas originais como "Alabaster" e "Night's Falling", novas versões de clássicos como "Christmas is Coming" e "Skating" do Vince Guaraldi Trio, "White Christmas", "Auld Lang Syne", entre outras, bem como recriações invernosas de temas menos conhecidos de John Cale, John Prine e The Handsome Family. Andrew colaborou, pela primeira vez desde "Ballad of the Red Shoes" (2002), com a sua mãe, Beth Bird, no artwork do álbum, que inspirou uma versão de "Mille Cherubini in Coro", um dos seus temas favoritos de Pavarotti e do Vienna Boys Choir que costumava ouvir com Andrew quando este era uma criança. 

No dia 20 de novembro, "HARK!" será lançado em LP, numa edição limitada. O vinil vermelho incluirá 12 pássaros de papel que os fãs poderão usar como ornamentos.

Ao longo deste outono, Andrew tem participado na série "Fargo", no papel de Thurman Smutny.

universal music