HALSEY - Álbum de estreia entra directo para 10º lugar do Top Nacional

10-09-2015 12:09
Foi uma entrada com estrondo em todo o mundo para Halsey, o mais recente fenómeno da música. "Badlands", o primeiro álbum da cantora americana entrou directamente para o 10º lugar do Top Nacional e para o 2º lugar do Top Digital.
 
As tabelas contam a história também lá fora: 2º lugar do top de discos nos Estados Unidos e Austrália; 3º lugar no Canadá, Irlanda e Nova Zelândia; 5º lugar na Holanda; e 9º lugar no Reino Unido, mesmo a tempo dos dois concertos que Halsey esgotou em segundos, e que acontecem esta Quinta e Sexta, e que ganham uma importância maior, uma vez que são os primeiros em nome próprio, fora dos Estados Unidos. Por lá, a digressão vai começar este mês com todas as datas esgotadas em avanço.
 
No iTunes, "Badlands" atingiu os primeiros lugares em 76 países e ocupou o topo da tabela em Portugal. Também a imprensa está rendida: a Rolling Stone fala do álbum como "uma lição pop", enquanto que a V Magazine lhe entrega o carimbo de "som do Verão", e o New York Times destaca o "hino geracional" em que se está a transformar a canção "New Americana".
 
O nome por trás da artista, Ashley Nicolette Frangipane, guarda as referências que traz: segundo ela, nomes tão diversos como Biggie Smalls, Tupac, Run DMC, Nirvana, Alanis Morissette ou Tori Amos, foram essenciais para o seu trabalho. Foi uma das artistas mais faladas do SXSW, a aclamada conferência de Austin, e tem passado por programas como o de Jimmy Kimmel, que confessou nunca ter tido tamanha reacção a uma actuação.
 
E tudo isto começou de forma muito simples: "Ghost", a canção com que se apresentou ao mundo, foi divulgada de forma independente por Halsey. Em conversa com os jornalistas, a artista relembrou "o momento em que entrei na Capitol Records e eles me disseram «vê só o que fizeste enquanto nenhum de nós ainda estava a prestar atenção». Foi um dos momentos de que mais me orgulho na vida."

HALSEY

Universal Music Portugal