Eric Clapton junta-se a Mark Knopfler, Tom Petty e John Mayer em tributo a JJ Cale

16-07-2014 00:09
"The Breeze: An appreciation of J.J. Cale", a editar a 28 de julho, pretende servir de tributo a J.J. Cale, um dos guitarristas mais influentes da história do rock, falecido no ano passado. 

eric clapton universal nusic
O disco, assinado por Eric Clapton & Friends, trará 16 canções de Cale recriadas por Clapton e um respeitável grupo de amigos: Tom Petty, Mark Knopfler, John Mayer, Willie Nelson, Derek Trucks e Don White pretendem honrar o legado de J.J. Cale e transmiti-lo a novas gerações.
 
"Quero que as pessoas conheçam o que o J.J. Cale fez, esse é o objetivo. Eu sou apenas o mensageiro. Esse é o meu trabalho. Tento fazer as coisas de modo a que o público em geral, ou pelo menos as pessoas que escutam o que eu faço, fiquem intrigadas sobre de onde vêm as minhas influências", diz Clapton sobre o disco e o papel que J.J. Cale teve na sua carreira.
 
"After Midnight" e, especialmente, "Cocaine", foram temas escritos por Cale que Clapton celebrizou na sua carreira. Em 2006 os músicos juntaram-se em estúdio tendo editado o álbum "Road to Escondido". Na ocasião, Eric Clapton disse que o momento era de "realização" do que poderia ser a sua "maior ambição", a de "trabalhar com aqueles cuja música serviu de inspiração" à sua obra.
 
A música de J.J. Cale juntava géneros como o rock, blues, country, jazz e rockabilly. Chet Atkins, Les Paul e Chuck Berry foram as suas principais influências, admitiu o próprio. O músico gravou álbuns entre 1972 e 2009 e faleceu o ano passado, aos 74 anos.

Eric Clapton, por seu turno, tem uma carreira com mais de 50 anos e já venceu 18 prémios Grammy, para além de ser o único artista induzido por três vezes no Rock & Roll Hall of Fame. O seu álbum mais recente, "Old Sock", foi editado no ano passado. J.J. Cale foi um dos convidados do disco.



Universal Music 2014