DANÇAS OCULTAS em digressão pela CHINA

09-11-2015 01:30

Desde maio de 1989, Artur Fernandes, Filipe Cal, Filipe Ricardo e Francisco Miguel organizaram-se em torno de um sonho: o colectivo DANÇAS OCULTAS. Com ele, surgiu o desafio de explorar, imaginar e conceber novas linguagens musicais, transformando o mundo pelo som e desenvolvendo todas as possibilidades do instrumento inventado na primeira metade do  século XIX - o acordeão diatónico – em Portugal conhecido como concertina.

Com sete trabalhos discográficos editados e uma das mais prestigiadas carreiras internacionais, o grupo tem apresentado esta sua forma de afirmação da música como linguagem de fraternidade universal pelas mais ilustres salas nos quatro cantos do mundo.

Entre 7 e 14 de Novembro, os DANÇAS OCULTAS encontram-se em digressão pela China:
NOV 14 • XANGAI • Shanghai Oriental Arts Centre
NOV 13 • BAOTOU • Baotou Grand Theatre
NOV 12 • PEQUIM • Beijing Hantian University • Chenxing Concert Hall
NOV 11 • XUZHOU
NOV 7 • GUANGZHOU • Guangzhou Grand Theatre
 
20 anos depois de editarem o primeiro disco, os DANÇAS OCULTAS preparam-se para apresentar no mercado nacional, no início de 2016, um novo trabalho: o CD ao vivo com a Orquestra Filarmonia das Beiras e convidados.